Quarta-feira, 6 de abril de 2016 às 14:22 em Tecnologia
Super Nintendo ganha novo jogo de luta inédito Unholy Night

Unholy Night: The Darkness Hunter é o mais novo game de Super Nintendo a chegar nas lojas, em pleno ano de 2017. Com a onda de antigos consoles voltando, como o SNES Classic, a produtora Retroism resolveu lançar este projeto, que teve uma campanha de financiamento coletivo na Internet no início deste ano, mas que agora já está disponível em lojas online norte-americanas. O game é de luta e lembra bastante títulos atuais, como BlazBlue e Guilty Gear, mas com gráficos no estilo 16-bit, mais similar ao clássico Street Fighter 2.

Este é o primeiro game inédito do Super Nintendo desde 1998. O detalhe mais curioso é que Unholy Night: The Darkness Hunter foi desenvolvido por uma equipe formada de ex-funcionários da SNK, que trabalhou em títulos como Samurai Showdown e The King of Fighters. O game tem modo de história, com seis personagens jogáveis e sistema de combos - além de oito especiais em cada lutador.

 
Unholy Night: The Darkness Hunter é novo jogo do Super Nintendo (Foto: Divulgação/Retroism)Unholy Night: The Darkness Hunter é novo jogo do Super Nintendo (Foto: Divulgação/Retroism)

Unholy Night: The Darkness Hunter é novo jogo do Super Nintendo (Foto: Divulgação/Retroism)

Além do “grande” elenco, para um jogo de Super Nintendo, e a variedade de combos, Unholy Night tem ainda formas únicas de lançar golpes, como aproveitar a barra de vida vazia para destravar especial poderoso ou outros meios de balanceamento quando um lutador está próximo de perder a luta.

 
Unholy Night é de luta 2D (Foto: Divulgação/Retroism)Unholy Night é de luta 2D (Foto: Divulgação/Retroism)

Unholy Night é de luta 2D (Foto: Divulgação/Retroism)

 

Com visual clássico, mas com sistemas de luta modernos, Unholy Night: The Darkness Hunter busca agradar quem prefere games mais novos, mas sem perder aquele ar de nostalgia. Porém, quem quiser jogar vai ter que tirar a poeira do seu antigo Super Nintendo ou conseguir um console nos dias atuais, já que ele é vendido apenas em cartucho, com direito a caixinha no estilo clássico, por US$ 50 – pouco mais de R$ 160, de acordo com a cotação atual do dólar. 

COMENTÁRIOS